quarta-feira, 11 de julho de 2012

Um comentário que virou postagem.

A taxa de juros SELIC caiu para 8% seu menor indíce desde sua criação, sabe o que isto quer dizer?

Menor juros significa mais consumo, maior consumo significa maior produção
e menor preço tambem. Maior produção significa mais emprego e renda
mais emprego e renda leva à...
maior consumo
Ou seja, a economia cresce se distribui renda e trabalho. 
É disto que o Brasil precisa,
que o Paracuru precisa.
De ciclos virtuosos de desenvolvimento econômico e social, e não de exploração de mão de obra barata e de recursos naturais como querem alguns empresários estrangeiros que pensam que o Brasil ainda é colônia.
Por isto, meus parabéns a todos aqueles que participaram direta e indiretamente da audiência pública sobre a instalação do estaleiro em Paracuru.
Que fique claro, ninguém é contra o desenvolvimento, mas já não somos servos de potências imperialistas. A relação agora é de igualdade. O Brasil é uma das seis potências econômicas do mundo.
Queremos investimentos sim, mas que preservem nossa natureza e a dignidade de nossas famílias.

Minha dileta tarefa.

Caros leitores deste sítio virtual, publico este diminuto texto para justificar em parte a falta de atualização deste espaço de debate de idéias. Ocorre, como muitos sabem que dentre temas diversos que expomos aqui, o foco principal deste blog tem sido debater a política e as políticas públicas de Paracuru.
Entramos em período eleitoral e temos muito o que dizer, mas este ano sou parte diretamente interessada na disputa, pois estarei concorrendo a cargo eletivo. Isto não impede, nem restringe a minha exposição de idéias, o que na verdade me tolhe são as atividades outras que preciso desempenhar neste período. Mas sempre procurarei um tempo para vir aqui expor minhas opiniões e por que não as contradições a que nos submetemos quando entramos na seara da práxis política. Entendo a práxis como aquilo que se desenrola no cotidiano em oposição ao que se idealiza da política.
De antemão aviso que está em fase de elaboração uma refelexão sobre a gestão de Paracuru que se finda em dezembro próximo. Me parece pelo desenrolar das convenções eleitorais que fora assinado um atestado de falência da gestão, pois me é inconcebível que uma gestora que se coloca como a que mais fez pela cidade abra mão da possibilidade de reeleição, para "apoiar" um senhor que teve contas de gestão desaprovadas e corre o risco de ter sua candidatura impugnada pela justiça eleitoral.
É isto e muito mais...
Sempre que possível retorno a esta minha dileta tarefa de escrever neste espaço.
Abralço a todos.