segunda-feira, 27 de julho de 2015

O poder delegado.

Há razão plena na frase "quer conhecer o homem dê poder a ele".
Lamentavelmente algumas pessoas são fascinadas muito facilmente com o poder e não compreendem que no espaço público de quem exerce um mandato ou um cargo derivado de um mandato o poder é passageiro.
Então não há motivo para se arvorar deste poder delegado como se isso fora inerente ao seu ser. Repito. É transitório.
Quando no setor público se recebe o poder delegado é para exercer em favor de quem o delegou. Isso é preciso ficar muito claro. E quando digo que deve fixar claro, não é só para os delegados, mas para quem delega. É preciso cobrar dos detentores do poder público a realização das ações e políticas públicas que promovam o bem comum.

Vida longa ao PV de Paracuru

Gostaria de parabenizar o Diego Carvalho por assumir na última sexta-feira a comissão municipal do Partido Verde (PV) num evento bastante prestigiado pelas diversas correntes políticas e diversos partido de Paracuru.
Nós do PCdoB de Paracuru esperamos manter a aliança que se iniciou nas eleições de 2012 e permanece. Hoje o PV ocupa a secretaria de turismo local através do nosso grande companheiro Ângelo Tuzze.
Vida longa à comissão municipal do PV.